Impostôdromo

terça-feira, 11 de março de 2014

Arauco é condenada por demissão discriminatória

A empresa Arauco Florestal Arapoti S.A. foi condenada a pagar R$ 37 mil como indenização por danos morais a um trabalhador rural portador de epilepsia demitido sem justa causa após 20 anos de serviços prestados. Além da indenização, os desembargadores da Quarta Turma do Tribunal Regional do Trabalho do Paraná (TRT-PR) determinaram a reintegração do trabalhador ao emprego e a nulidade da rescisão contratual.
 
A dispensa aconteceu apenas dois meses depois de o empregado começar a sofrer constantes crises e convulsões que afetaram sua capacidade de trabalho. O quadro gerou diagnóstico médico com recomendação de restrições e mudança de função.
Por unanimidade de votos, a Quarta Turma do TRT-PR entendeu tratar-se de um caso de dispensa discriminatória com evidente abuso por parte do empregador do seu direito potestativo (direito que não admite contestação, dependendo da vontade exclusiva de apenas uma das partes envolvidas). A decisão manteve a sentença original proferida pela juíza Ângela Neto Roda, da Vara Única do Trabalho de Jaguariaíva.
 
A reflorestadora alegou que outros empregados também haviam sido dispensados na mesma época para reestruturar o quadro de pessoal, com ampla assistência sindical no momento da rescisão. Além disso, a defesa sustentou ser a epilepsia uma doença crônica incapaz de gerar a presunção de dispensa discriminatória.
 
De acordo com a Súmula 443, do Tribunal Superior do Trabalho, a despedida de empregado portador de qualquer doença grave que suscite estigma ou preconceito é presumivelmente discriminatória. Portanto, a obrigação de produzir provas sobre os motivos que acarretam a rescisão contratual é do empregador, a quem cabe demonstrar que o término da relação de emprego tem razão diversa da doença que acomete o funcionário, o que, para os desembargadores da 4ª Turma, não ficou devidamente comprovado.
 
Além da Lei nº 9.029/95, que proíbe a adoção de qualquer prática discriminatória na relação de emprego, os desembargadores fundamentaram a decisão na própria Constituição Federal, que diz que “a dignidade da pessoa humana foi elevada à condição de fundamento do Estado Democrático de Direito, estabelecendo como objetivo essencial à promoção do bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação (art. 3º, IV, CF), estando a ordem econômica fundada na valorização do trabalho humano, tendo por fim assegurar a todos uma existência digna, conforme os ditames da justiça social (art. 170, CF), devendo a lei punir qualquer discriminação atentatória dos direitos e liberdades fundamentais (art. 5º, XLI, CF)”.
 
O acórdão foi relatado pelo desembargador Luiz Celso Napp e pode ser acessado com um clique no link abaixo.
 
Acórdão nº 00122-2013-666-09-00-0

terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Jaguariaíva recebe ônibus para transporte de alunos das escolas especiais


Governo do Estado entrega 115 ônibus escolares para as Apaes

IMG_3165
A presidente da Federação das Apaes (Feapaes/PR) Neuza Soares de Sá; presidentes de diversas Apaes do Paraná; prefeitos de 


O governador Beto Richa entregou nesta terça-feira (10), em Curitiba, mais um lote de novos ônibus para transporte de alunos das escolas especiais dos Paraná. São 115 veículos, que beneficiarão cerca de 3 mil alunos de Apaes e outras instituições em vários municípios e regiões. A entrega foi feita no Palácio Iguaçu, junto com o vice-governador e secretário da Educação, Flávio Arns. 

Em julho, o governo já havia repassado 67 veículos para as prefeituras usarem para o transporte de estudantes com deficiência. Com esse novo lote, chega a 182 o número de novos veículos para transporte de alunos de escolas especiais. Todos os veículos são novos, com plataformas elevadas e cada um conta com uma cadeira de rodas. 

“É nossa obrigação garantir um transporte seguro e o acesso dos alunos das Apaes a um ensino gratuito de qualidade”, afirmou Richa. No Paraná, eles têm o respeito do governo e o direito de exercer a sua cidadania com dignidade”, disse ele. No Estado, por lei, as escolas especiais estão dentro da rede estadual de ensino e têm todos os direitos que as escolas regulares. O governador cumprimentou funcionários, voluntários, alunos e familiares pelo Dia Nacional das Apaes, que será comemorado nesta quarta-feira, 11 de dezembro. 

O vice-governador Flávio Arns afirmou que o transporte escolar é fundamental para os alunos e que até o final do ano que vem todas as Apaes e entidades co-irmãs terão pelo menos um ônibus para o transporte de seus alunos. “A pessoa com deficiência tem que ter no mínimo os mesmos direitos de uma pessoa sem deficiência”, destacou Arns. A solenidade teve a presença da secretária da Família e Desenvolvimento Social, Fernanda Richa, e da presidente da Federação das Apaes do Paraná, Neusa Soares de Sá. 

O investimento total na aquisição dos veículos é de R$ 16,8 milhões. Destes recursos, R$ 9,8 milhões são da Assembleia Legislativa do Paraná, que implantou medidas de austeridade, economizou recursos e devolveu dinheiro para o Executivo. Foram também usados R$ 7 milhões do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). 

"É um verdadeiro presente de Natal”, afirmou o prefeito de Lidianópolis, Celso Antonio Barbosa. “Uma conquista para os municípios, nos sentimos realizados por podermos dar transporte de qualidade e digno para os nossos alunos com deficiência”, disse ele. "Agradecemos a Assembleia, que economizou recursos e destinou dinheiro, e ao governador, pela sensibilidade", disse ele. Lidianópolis, município com quatro mil habitantes, tem cerca de 50 crianças e jovens com deficiência. “Nós fazíamos o transporte com kombis, com muita dificuldade, um sacrifício para os cadeirantes”, disse Celso Barbosa.

“Os novos veículos representam o respeito e o direito dos alunos com deficiência terem um transporte escolar, porque muitos alunos têm dificuldades para chegar à escola por falta de acessibilidade de transporte”, afirmou a presidente da Federação das Apaes do Paraná. 

RESPEITO - No final de agosto deste ano, o governador Beto Richa sancionou a lei do programa Todos Iguais Pela Educação, que concede às escolas básicas de Educação Especial, mantidas pelas APAEs e outras instituições sociais, os mesmos direitos e recursos destinados às escolas públicas da rede estadual. A iniciativa é pioneira no país e transforma o auxílio em apoio permanente. 

“O Paraná hoje é uma referência nacional e internacional neste tema. A lei garante a manutenção das Apaes e das escolas parceiras”, destacou Neusa Soares de Sá. Ela informou, ainda, que por conta da iniciativa do governo, o Estado sediará o 44° Congresso Nacional das Apaes, no ano que vem. 

Com a lei, 413 escolas e instituições que hoje atendem 42.618 alunos de várias idades com deficiência irão receber recursos orçamentários do Estado para melhorias e adequações nas instalações físicas e pedagógicas. “É fundamental que todos, diferentes nas suas necessidades, sejam iguais no direito à educação de qualidade para desenvolver plenamente o seu potencial”, afirmou o governador. Neste ano estão sendo destinados R$ 436 milhões às escolas de educação especial. Os recursos servem para investimentos em pessoal, equipamentos, reformas, merenda escolar, além de ônibus para o transporte. 


Investimento - Mais de 17 milhões de reais foram investidos pelo Governo do Estado na compra dos veículos; mais de 9 milhões pela Assembleia Legislativa e demais recursos foram repassados pelo Fundo Nacional da Educação. Durante a solenidade, as primeiras chaves foram recebidas pela Diretora da Apae de Capanema Doraci Tereza Roso Stokmann e pela prefeita da localidade Lindamir Maria de Lara Denardin.

Cidadania - Este dia, 10 de dezembro, é uma data histórica para o Movimento Apaeano Paranaense. “A entrega destes veículos marca, sobretudo, o respeito pelas pessoas com deficiência e, em especial, pelos 42 mil alunos atendidos pelas Apaes. Agradecemos muito a preocupação e o compromisso do governo com o segmento”, refletiu a presidente da Feapaes/PR. Na oportunidade, Neuza lembrou aos presentes que “outro desafio nos espera na quarta-feira (11). Enquanto vamos comemorar o Dia Nacional das APAEs, estaremos em grande expectativa pela votação do PNE, no Senado Federal, em Brasília.

“Queremos que as pessoas com deficiência no Paraná tenham os mesmos direitos que as pessoas sem deficiência”, disse o secretario da Educação e vice-governador Flavio Arns. Quanto ao PNE, o MEC esta “pisando na bola, dando pouca importância para as Apaes que, dia 11, completam 59 anos de atuação. Ainda o governador Beto Richa destacou o grande beneficio que significa o transporte seguro para os alunos da Educação Especial. 

Fonte: Assessoria de Comunicação Social da Feapaes/P

sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

Moradores de Jaguariaíva reclamam que estão sem água há um mês

Moradores ficam sem água do meio dia à madrugada, diariamente.
Município paranaense disse que problema deve ser resolvido em 35 dias.

Do G1 PR

Andrea Mello fica sem água diariamente do meio dia até a madrugada, em Jaguariaíva (Foto: Reprodução/RPC TV)Andrea Mello fica sem água diariamente do meio dia até a
madrugada, em Jaguariaíva (Foto: Reprodução/RPC TV)
Moradores de Jaguariaíva, na região dos Campos Gerais do Paraná, reclamam que estão sem abastecimento de água de forma regular há pelo menos um mês. Segundo eles, o problema se repete diariamente, sempre no mesmo período, nos bairros da cidade alta. “A gente para de receber água ao meio dia e depois, só volta por três ou quatro horas da madrugada”, conta a moradora Andrea Aparecida Mello.
Andrea revela que acorda às 7h, todos os dias, para dar tempo de deixar a casa limpa. “Se eu não levantar cedo para deixar tudo limpo, a casa vai ficar suja o dia todo. Acumula louça, acumula tudo”, comenta. Segundo ela, a situação está difícil em todo o bairro.
A aposentada Inez Dantas de Souza também reclama do problema diário. Ela conta que está com várias panelas sujas de gordura, mas que não pode desperdiçar a pouca água que tem para lavar a louça. “Quando a água volta de madrugada, vem pouquinho, o suficiente para tomar banho e cozinhar. Se faltar luz ou gás, não tem problema. Mas é difícil se virar quando falta água”, comenta.
A dona de casa Vanderleia Ferreira diz que a situação se repete há alguns anos, sempre no período próximo ao verão. “É ruim porque a gente quer lavar a roupa e limpar a casa e não tem água”, afirma. Ela pede para o poder público melhorar a situação complicada que os moradores da cidade alta estão enfrentando diariamente.

O Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae) confirma que existem problemas na região. Segundo o Samae, não há falta de água, mas deficiência no sistema de condução do abastecimento. O município já iniciou a licitação para a construção de um poço artesiano e acredita que dentro de 35 dias, o problema
O Samae ainda informa que a prefeitura faz a distribuição de caixas d’água para população de baixa renda que não possui um sistema de armazenamento. Segundo a administração municipal, 40 caixas já foram entregues aos moradores. Para receber a caixa d’água de forma gratuita, é necessário fazer um pedido junto ao Samae, que funciona na Rua Porto Velho,140, no Jardim São Roque. Dúvidas e outras informações podem ser obtidas pelo telefone (42) 3535-1579. vai estar resolvido.  G1 Paraná


terça-feira, 26 de novembro de 2013

Prefeitura de Jaguariaíva abre concurso público para 85 vagas

Inscrições devem ser feitas até o dia 22 de dezembro, no site da prefeitura. Os salários variam de R$ 622 a R$ 9.435,32, dependendo da função.

A Prefeitura de Jaguariaíva, na região dos Campos Gerais do Paraná, abriu concurso público para 85 vagas em cargos de nível fundamental, médio e superior. Além disso, o concurso visa formar cadastro de reserva. Os salários variam de R$ 622 a R$ 9.435,32, dependendo da função e da carga horária a ser exercida.
Os candidatos devem se inscrever até o dia 22 de dezembro, no site da prefeitura ou no site da empresa responsável pelo concurso público. A taxa de inscrição custa R$ 29 para os cargos de nível fundamental, médio e técnico, e R$ 33 para os cargos de nível superior. O pagamento da taxa deve ser efetuada até o dia 23 de dezembro.
O candidato que não tiver acesso à internet poderá efetuar a inscrição no posto de atendimento da prefeitura, localizada na Praça Doutor Getúlio Vargas, 60, no Centro. O serviço é realizado de segunda-feira a sexta-feira, das 9h às 12h e das 13h30 às 17h.
Entre os cargos ofertados para nível fundamental estão agente de saúde, auxiliar de biblioteca, auxiliar de cirurgião dentista, auxiliar de farmácia, cozinheira e eletricista instalador. Para nível médio há vagas para programador, projetista, sonoplasta, topógrafo, instrumentador cirúrgico, fiscal de obras, fiscal de meio ambiente e documentador escolar. Já para nível superior, alguns dos cargos ofertados são analista de sistemas, assistente social, advogado, dentista, jornalista, enfermeiro, engenheiro agrônomo, médico e nutricionista. Confira todos os cargos ofertados e o número de vagas para cada um deles.
Conforme o edital, o prazo de validade do concurso é de dois anos, podendo ser prorrogado uma única vez, por igual período. As provas serão aplicadas no dia 19 de janeiro de 2014, em local e horário a ser divulgado pela organização. A previsão é de que o gabarito preliminar seja divulgado até 24 horas após o término da prova. O resultado do concurso deve ser publicado até o dia 24 de março de 2014.
Os candidatos serão avaliados por meio de prova objetiva, para todos os cargos. Prova objetiva, discursiva e de títulos para os cargos de advogado e jornalista. Prova objetiva e prática para locutor e prova de títulos para cardos especificados no edital. O edital completo do concurso público com todas as informações sobre a aplicação das provas, conteúdo está disponibilizado no site da prefeitura.

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Casa sustentável será montada em menos de três horas em Jaguariaíva

O Show Home vai mostrar a eficiência do sistema construtivo Tecverde

Uma casa que demora apenas duas horas e meia para ser montada. Essa é a realidade das casas sustentáveis da Rede Tecverde, que terá um exemplar executado em tempo real no loteamento Portal do Serrado, Cidade Alta, em Jaguaraíva (PR), no próximo dia 30 de outubro.

A casa será um modelo das casas que a Rede Tecverde desenvolveu para o programa Minha Casa Minha Vida, com tecnologia de construção a seco. Pioneira em trazer o sistema wood frame ao Brasil, a Tecverde adaptou o modelo construtivo para baratear custos e tornou possível suas casas entrarem na faixa 1 do programa do governo federal, possibilitando diversas famílias de baixa renda também terem casas sustentáveis.

“O objetivo é demonstrar o quão eficiente é o sistema construtivo Tecverde e também atrair construtoras e incorporados que queiram fazer parte da Rede Tecverde, que licencia essa tecnologia para que mais habitações sustentáveis sejam construídas pelo Minha Casa Minha Vida em todo o Brasil”, comenta José Márcio, diretor da Rede Tecverde.

O sistema construtivo da Tecverde tem 70% de seu processo industrializado e permite a montagem da casa em menos de três horas. É sustentável, pois emite 80% menos CO² e resulta em 85% menos resíduos, resíduos que fazem dessa indústria uma das maiores poluidoras do mundo.  Além disso, após a ocupação da casa há um excelente desempenho térmico e acústico que resulta em economia de luz e no bolso ao morador.

O sistema da Rede Tecverde é homologado na CEF e é disponibilizado a outras construtoras através de um modelo de licenciamento de tecnologia.

O Show Home é uma parceria entre a Rede Tecverde, a Prefeitura de Jaguariaíva e a construtora Village. O Patrocínio é da LP com as chapas de OSB e membrana hidrófuga, da Eternit com as placas cimentícias, da Knauf com gesso acartonado, da Braspine e da Arauco. O apoio é das empresas Águia Florestal, Ecofiber.

SERVIÇO
Data: 30/10 - Horário: 14h00
Local: Loteamento Portal do Serrado, Cidade Alta (em frente ao cemitério novo) – Jaguariaíva (PR).

terça-feira, 17 de setembro de 2013

Morre o Prefeito de Jaguariaíva Baroni


baroni O Prefeito Otélio Renato Baroni (PT) faleceu na manhã desta terça-feira, 17 de setembro, por volta das 06h22min em Curitiba. Baroni tinha 72 anos e há meses lutava bravamente contra um tumor que o debilitou e o impossibilitou, inclusive, de participar de diversas inaugurações de seu mandato, realizadas na semana que antecedeu o aniversário de 190 anos de Jaguariaíva.
Segundo informações da Secretaria Municipal de Comunicação, o corpo do Prefeito deve chegar por volta das 15h em Jaguariaíva, onde será velado no novo prédio da Prefeitura Municipal, um dos principais empreendimentos de sua gestão. O velório, segundo a assessoria de comunicação, deve acontecer até às 03h da manhã, quando então o corpo será transladado de volta à Curitiba, onde será enterrado no Cemitério Santa Cândida na manhã  desta quarta-feira (18) às 09h.
O Município já decretou Luto Oficial. Nos próximos dias ainda será marcada a data da posse do Vice-prefeito José Sloboda, que assumirá a Gestão Municipal pelo restante do mandato. 

terça-feira, 30 de julho de 2013

ADOLESCENTE ENTREGA LIVRO NA DELEGACIA DE ARAPOTI


Momento em que os adolescentes chegam a
 delegacia para fazer a entrega do livro 
A jornalista da Rede Globo, Vanessa Rumor veio
 até Arapoti para acompanhar o desdobramento do caso.

Na foto entrevistado Guilherme, que emprestou o livro.
O pai dos adolescentes, Elias Pascoal Nunes, da entrevista para a Globo
Adolescente vê o livro pela última vez momentos antes da devolução
 O adolescente Guilherme Pascoal Correia Nunes, de 17 anos, esteve hoje as 14:40 minutos na delegacia de polícia fazendo a devolução do livro "Asterix - A foice de ouro". Ele estava acompanhado de seu pai, Elias Pascoal Nunes e do irmão Gustavo de 12 anos. Ainda meio assustado com a repercussão que o caso ganhou, Guilherme deu entrevistas e disse que jamais imaginou que um simples livro virasse caso de polícia. "Já emprestei vários livros da biblioteca, todos devolvi, este em questão eu havia emprestado para meu irmão Gustavo. Viajei para Minas Gerais e meu irmão acabou esquecendo de devolver" disse Guilherme.
Gustavo, 12 anos, está traumatizado com o caso e garantiu que "nunca mais vou emprestar um livro".
O caso do livro, após publicação no Blog NOTÍCIAS DE ARAPOTI, ganhou repercussão nacional e vários sites brasileiros comentaram sobre o assunto. 
A RPC, afiliada da Rede Globo, foi atraída pela matéria e esteve hoje na cidade  acompanhando o desdobramento do caso. 
A matéria, segundo a jornalista Vanessa Rumor, vai pro ar ainda hoje as 18:50. 
Um produtor do Fantástico também entrou em contato com o Blog NOTÍCIAS DE ARAPOTI e o assunto será tema da reunião de pauta do programa, podendo ser comentado então neste próximo domingo durante o Fantástico.

Adolescente é intimado pela polícia por não devolver livro de biblioteca em Arapoti


A intimidação em nome do adolescente foi recebida por um pedreiro que prestava serviço na casa da família (Foto: Reprodução)A intimidação em nome do adolescente foi recebida por um pedreiro que prestava serviço na casa da família (Foto: Reprodução)
Um adolescente de 17 anos de Arapoti, na região central do Paraná, foi intimado pela Polícia Civil a devolver um livro infantil que pegou emprestado na Biblioteca Pública em janeiro deste ano. Segundo a polícia, o menor tem até esta terça-feira (30) para efetuar a devolução, caso contrário, receberá outra intimação e poderá responder pelo crime de desobediência.
Em entrevista ao G1, o  pai do adolescente, Elias Pascoal Nunes, disse que a Biblioteca Pública não entrou em contato anteriormente com a família para alertar sobre o atraso e pedir a devolução. “O meu filho empresta livro na biblioteca a cada 15 dias, eles poderiam ter ligado que a gente levava o livro até lá, não precisava dessa atitude abusiva”, critica. Ainda de acordo com ele, a intimação com o nome do filho foi entregue para um pedreiro que fazia obras na casa da família e não nas mãos dele ou do próprio filho. “Isso revoltou ainda mais, deu a impressão que somos bandidos, que o meu filho fez algo de grave”, alega.
Nunes conta ainda que um representante da Secretaria Municipal de Educação ligou para ele nesta segunda-feira (29) e fez um convite para que ele comparecesse ao departamento para que pudesse explicar a situação. No entanto, ele recusou e afirmou que terça-feira irá até a Delegacia com o filho e o livro e depois fará uma reclamação na Procuradoria de Justiça. “Essa atitude abusiva desestimula a leitura e faz com que os adolescentes não queiram mais ir até a biblioteca emprestar livros”, finaliza.

Ainda segundo a Secretaria Municipal de Educação, a bibliotecária adotou o procedimento que é estipulado pelo Manual da Biblioteca Cidadã. Em um dos tópicos, o manual indica que se a devolução de livros demorarem a acontecer, a biblioteca pode tomar atitudes mais sérias e duras, como a realização de um Boletim de Ocorrência, para não correr o risco de perder definitivamente a obra.
A secretária municipal de Educação de Arapoti, Rosi Rogenski, explica que a funcionária da biblioteca tomou a atitude de ir até a delegacia e fazer um Boletim de Ocorrência sem consultar a Secretaria. “Hoje pela manhã ela me disse que ligou para a mãe do rapaz algumas vezes, mas como o livro não foi devolvido decidiu fazer o Boletim de Ocorrência”, explica.
“Esse não é um procedimento aconselhado pelo município, se ela tivesse conversado com a gente teríamos indicado que ela fosse até a casa do adolescente para recuperar o livro e de jeito nenhum fosse até a delegacia”, afirma a secretária de educação Rosi Rogenski. Ela disse ainda que disse que vai ser reunir com a  administração do município para decidir qual procedimento tomar em relação a esse caso e inclusive a funcionária.
Do G1PR

domingo, 21 de julho de 2013

Três pessoas morrem em acidente entre carro e caminhão na PR-092

Acidente aconteceu perto de Siqueira Campos, no norte do Paraná.
Segundo a PRE, motorista perdeu controle do automóvel na curva.


Três pessoas morreram após um acidente entre um carro e um caminhão na PR-092, no trecho de Siqueira Campos, no norte do Paraná, na manhã deste domingo (21). Segundo a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), o automóvel perdeu o controle em uma curva e acabou colidindo de frente com o caminhão, que vinha em sentido contrário. O motorista do carro, de 33 anos, uma mulher, de 37, e uma criança, de nove anos, todos da mesma família, morreram no local.

De acordo com a PRE, uma adolescente de 14 anos foi encaminhada para o hospital de Siqueira Campos com ferimentos leves. O motorista do caminhão não se feriu.

segunda-feira, 17 de junho de 2013

Norske Skog Pisa vende fatia de unidade brasileira para chilena Papeles Bio Bio

O grupo norueguês do setor de produção de papel Norske Skog anunciou nesta segunda-feira (17) a venda de 51% das ações de sua unidade no Brasil, a Norske Skog Pisa, para a Papeles Bio Bio, controlada pelo consórcio de investidores chilenos BO/Pathfinder, por US$ 41,3 milhões.

A Norkse Skog Pisa possui uma fábrica em Jaguariaíva, no Paraná, com capacidade de produção de cerca de 170 mil toneladas de papel por ano e é fornecedora de cerca de 30% do mercado brasileiro de publicações, segundo informações da empresa.

O grupo norueguês afirmou que a venda da unidade brasileira vai contribuir para a melhora do fluxo de caixa e da posição financeira da companhia. A transação deve ser fechada no final de junho.

O BO/Pathfinder também é dono da BO Packaging, empresa do setor de embalagens que atua no Chile, no Brasil e no Peru, e já havia adquirido a unidade chilena da Norske Skog em 2012, que deu origem à Papeles Bio Bio. O grupo também atua nos setores de papéis gráficos, vidros, construção, agronegócios e imóveis.

Os outros 49% da unidade brasileira serão adquiridos pela Papeles Bio Bio em um prazo de um a dois anos, afirmou a Norske Skog.

quinta-feira, 13 de junho de 2013

Klabin anuncia o maior investimento de sua história‏

Conselho de Administração aprova o Projeto Puma, que permitirá que a empresa dobre de tamanho em apenas três anos
No dia 11 de junho de 2013, a Klabin anunciou seu maior investimento em 114 anos de trajetória. O Conselho de Administração aprovou a construção de uma nova planta de celulose na cidade de Ortigueira (PR) - o Projeto Puma -, que permitirá à companhia dobrar de tamanho em três anos. “Este é o primeiro dia de um futuro de crescimento para a Klabin”, destaca Fabio Schvartsman, diretor geral da companhia. 
O projeto, que é também o maior investimento já realizado por uma empresa privada no Estado do Paraná, custará R$ 5,3 bilhões (excluindo-se ativos florestais) e terá capacidade anual de produção de 1,5 milhão de toneladas de celulose, sendo 1,1 milhão de toneladas de celulose de fibra curta e 400 mil toneladas de celulose de fibra longa.
O Projeto Puma se diferencia dos demais projetos de celulose em execução no mercado devido à capacidade para produzir dois tipos de fibra em uma mesma unidade fabril, e por possibilitar o abastecimento do mercado brasileiro de celulose fluff, que hoje provém de importações, e é utilizada principalmente na produção de fraldas.
Para viabilização do Projeto, a Klabin propõe a seus acionistas uma ampliação de seu capital societário e a adesão da companhia ao Nível 2 de Governança Corporativa da BM&FBOVESPA, o que representa uma importante evolução que elevará seus padrões de governança.
“Este avanço só é possível porque, internamente, temos equipes preparadas para dar este passo fundamental rumo a uma empresa extraordinária. Mais do que nunca, contamos com o empenho e comprometimento de todos”, ressalta Fabio Schvartsman. 

quinta-feira, 30 de maio de 2013

RICHA CONCORRENDO COM DILMA

Fontes ligadas ao Palácio Iguaçu circularam a notícia de que o Paraná cresceu mais que o Brasil e, portanto, é um oásis no meio do deserto, dando inclusive a impressão de que Beto teria mesmo é vontade de fazer um vôo nacional ao Palácio do Planalto.
PIB do Paraná cresce 2,8% 
Assim, diz a notícia, enquanto Dilma se digladia com um pibinho de 0,6%, o governador Beto Richa comemora o crescimento do PIB paranaense em 2,8%. Os resultados foram divulgados hoje IBGE e pelo Ipardes “Este crescimento é fruto de uma política de atração de investimentos e da valorização do setor produtivo através do diálogo”,  diz Richa. O governador destacou que a agricultura “como sempre, contribuiu sobremaneira para esse resultado”, e apontou o Programa Paraná Competitivo, que já atraiu mais de R$ 20 bilhões em investimentos, como fator relevante na geração de riquezas do Estado. “Este programa vem alavancando e colocando nosso Estado em destaque no cenário nacional”, disse.

terça-feira, 28 de maio de 2013

Policia Federal cumpre mandados em Jaguariaiva e Arapoti

A Força-Tarefa Previdenciária, formada pela Polícia Federal, Ministério da Previdência Social (MPS) e do Ministério Público Federal (MPF), deflagrou nesta terça-feira (28) a Operação Consórcio, para o cumprimento de dez mandados de busca e apreensão nos municípios paranaenses de Jaguariaíva e Arapoti. O objetivo da ação foi colher provas sobre a atuação de esquema fraudulento de concessão de benefícios de aposentadoria por invalidez e auxílio-doença na Agência da Previdência Social em Jaguariaíva.

Foram cumpridos dez mandados de busca e apreensão em residências e escritórios de advogados e intermediários, residências de peritos-médicos do INSS e seus consultórios particulares, além de buscas na Agência da Previdência Social em Jaguariaiva.

As investigações iniciaram em 2010 a partir de denúncias noticiando a existência de um consórcio caracterizado pelo direcionamento de perícias previdenciárias aos mesmos médicos peritos que forneciam atestados médicos em seus consultórios particulares mediante o pagamento de honorários médicos.

O esquema era gerenciado por advogados que arregimentavam segurados em seus escritórios, classificando-os de acordo com a capacidade do pagamento de propina, para posterior encaminhamento, de forma direcionada aos mesmos médicos, que, na condição de peritos do INSS, concediam os benefícios por incapacidade.

Relacionados aos fatos investigados, a Ouvidoria-Geral do MPS recepcionou 21 denúncias anônimas no período de 2008 a 2012. Até o momento foram identificados cerca de 700 benefícios com indícios de irregularidades, com prejuízo estimado em torno de R$ 7.200.000,00 (sete milhões e duzentos mil reais). Os prejuízos sociais também eram altos, uma vez que os segurados que não aceitavam as condições ilegais impostas não eram corretamente periciados e, para conseguirem os benefícios, tinham que buscar a Justiça. 

Ante as condutas destes peritos-médicos, advogados e intermediários de benefícios investigados, a Justiça Federal em Ponta Grossa determinou a aplicação das seguintes medidas cautelares: suspensão do exercício profissional da medicina, suspensão da atividade de advocacia no âmbito previdenciário, proibição de acesso ou freqüência à APS de Jaguariaiva, proibição de manterem contatos com os segurados do INSS que tenham utilizado os serviços profissionais dos investigados, proibição de ausentarem-se do país, além do pagamento de fiança, arbitrado em R$ 30.000,00 para cada um dos indiciados. O descumprimento de qualquer uma destas medidas pode acarretar a decretação de prisão preventiva

Na esfera administrativa, o INSS promoverá a revisão dos benefícios identificados, devendo os segurados restituírem à Previdência Social os valores recebidos indevidamente. Se condenados, os investigados responderão pelos crimes tipificados nos artigos 171, § 3º, 288, 313-A, 314, 316, 317 e 333 do Código Penal, para os quais está prevista pena de reclusão.

A ação conjunta contou com a participação de 40 policiais federais e 6 servidores do Ministério da Previdência Social. O nome da operação faz alusão à associação dos profissionais e intermediários para o cometimento dos ilícitos.

segunda-feira, 13 de maio de 2013

I Conexão Vertical Foi sucesso!!!


















Hoje a postagem é um agradecimento especial a todos que apoiaram a nossa I Conexão Vertical e o I Café com Deus!

A realização da I Conexão Vertical, e do I Café com Deus bem como  sua gratuidade, devem-se aos patrocínios, apoios e parcerias de importantes instituições que, reconhecendo a relevância do evento, contribuiu para que o mesmo tornasse realidade.

 É graças ao apoio de TODOS os nossos patrocinadores que o evento foi um sucesso e se tornou possível.
Por isso o nosso muito obrigado a todos que de alguma forma apoiam nossa equipe, seja com materiais, serviços ou financeiramente. Vocês são fundamentais para a existência do nosso projeto.

Esse evento aconteceu graças a pessoas sensibilizadas com a natureza da nossa proposta de trabalho. Desde os voluntários da própria comunidade que doaram horas de trabalho, cada um colaborou e colabora dentro de suas possibilidades. Quando nos propomos a ajudar o próximo é muito gratificante, e a formação de parcerias é essencial.

E queremos aqui destacar os estabelecimentos comerciais e a pessoas físicas que nos atenderam patrocinando a I Conexão Vertical, que aconteceu dia 10 de maio de 2013, e o I Café com Deus que aconteceu dia 12 de maio de 2013.
Nesta somatória de esforços, nós que fazemos parte da ADOBRAC (Rede de Adolescentes O Brasil para Cristo)  ficamos alegres por contarmos com a confiança de cada patrocinador, apoiador e parceiro.

Não teríamos sido capazes de atingir nossos objetivos se não fosse pela ação de voluntários, parceiros e patrocinadores, muitos deles anônimos, que nos ajudam a fazer a diferença na vida de muitas famílias.
O nosso intuito é atender não apenas os adolescentes, mas também a família. No contexto das ações realizadas, realizaremos reuniões e trocas de experiências com as famílias. 

Buscaremos municiar também nossa equipe , para que transversalizem a discussão sobre drogas, para que as crianças e adolescentes aprendam a viver sem drogas, e  que não venham entrar nesse mundo que não tem volta.

Se nós  ficarmos parado, nada vai acontecer. É preciso ir em busca do que se quer”

A ADOBRAC agradece aos patrocinadores, que Deus vos abençoe!!


GLOBALFLEX
IMOBILIARIA TEIXEIRA
TRANSPEN
PRINCESA
RAFA DO PR
LANCHES CASTRENSE
DIVISA MADEIRAS
CARMEM STEFFANS
DR EDILSON
SANDRA NEGRINI
GILBERTO MUSSI
PASTOR VALDEMIR
AUTOMAIS
PEMAC
FARMACIA PARANÁ
FARMACIA FORTEFARMA
AÇOUGUE ROCHA
LOJA DO SAUL
JAGUAR VIDEO



domingo, 28 de abril de 2013

Tucanos do Paraná querem reeleição do Senador Alvaro Dias no Senado


Na convenção estadual do PSDB, as lideranças tucanas fizeram questão de destacar que a vaga da candidatura ao Senado é do atual senador Alvaro Dias. “É o mais combativo parlamentar no Congresso nacional. É a voz da oposição no Senado e vaga (da candidatura em 2014) é dele. Tenho certeza que estaremos juntos em 2014”, disse o governador Beto Richa. O senador ganhou duas páginas de destaque na revista de 32 páginas que o PSDB editou para a convenção. “Nós reconhecemos sua liderança e por dever moral, o senador será mais uma vez candidato à reeleição pelo PSDB do Paraná”, disse o presidente eleito do PSDB, deputado Valdir Rossoni.

sábado, 20 de abril de 2013

Três ônibus são incendiados durante a madrugada em Ponta Grossa


Incêndios foram registrados na madrugada deste sábado (20). 
Dos três ônibus incendiados, um ficou totalmente destruído.


Um dos veículos ficou totalmente destruído  (Foto: Eduardo Scola / RPC TV)


Um dos veículos ficou totalmente destruído (Foto: Eduardo Scola / RPC TV)
Três ônibus foram incendiados durante a madrugada deste sábado (20), em Ponta Grossa, na região dos Campos Gerais, no Paraná. Segundo a Polícia Civil, um deles, usado para o transporte de trabalhadores de uma obra, ficou totalmente destruído. Os outros dois veículos, de transporte urbano, ficaram parcialmente danificados.
Na segunda situação, não houve anúncio de assalto, mas o motorista e o cobrador também foram obrigados a descer do veículo. Depois, os crimininosos queimaram o ônibus.Ainda de acordo com a polícia, as abordagens foram realizadas em pontos aleatórios da cidade. No primeiro caso, pelo menos cinco homens armados anunciaram um assalto, obrigaram o condutor e o cobrador a descerem do ônibus e depois atearam fogo no veículo. Ninguém ficou ferido.
O terceiro veículo queimado estava estacionado em uma rua do Bairro Oficinas e foi o que ficou totalmente destruído.  Até as 9h30, quatro suspeitos de ter participado dos incêndios tinham sido presos. A suspeita da polícia é que os casos tenham relação com a rebelião no presídio Hildebrando de Souza. A ação seria uma forma de chamar a atenção das autoridades, segundo a polícia. 

Do G1 PR